Aventura com Carol Fiorentino pela Rota do Café Especial

Apaixonada pela peculiaridade e abrangência da culinária brasileira, a apresentadora do reality show Bake Off Brasil, do SBT, Carolina Fiorentino, embarcou em uma aventura gastronômica nos mais apetitosos destinos da Mostra Viajar 2018, realizada dos dias 8 a 10 de junho na Bienal do Ibirapuera, SP.

A convite de CARAS e da mostra, ela conheceu a singular Rota do Café Especial – do Pé à Xícara, em Minas Gerais. “Só sabia que ia tomar muito café”, brincou. Logo na sua chegada a São Lourenço, uma mesa com pão de queijo, bolo de milho e diversos tipos de cafés especiais estava posta. “Acho incrível a hospitalidade do mineiro. A gente se sente em casa”, afirmou a chef confeiteira. Depois da recepção, muitas surpresas ainda estavam por vir. Visita ao cafezal, voo de balão e passeio de maria- fumaça faziam parte do roteiro.“Primeira vez que fiz tudo isso! Foi incrível, maravilhoso, uma experiência inesquecível”, contou. 

Na Fazenda Sertão, em Carmo de Minas, uma das principais da região, Carol conheceu a plantação de café. “É muito interessante entender um pouco mais sobre a história de um produto que faz parte do nosso dia a dia. Grande parte dos brasileiros tomam café todos os dias e não entende a complexidade da produção”, destacou Carol enquanto experimentava o fruto. O local conserva uma longa história de quatro gerações da família Dias Pereira.

No casarão, uma exposição de objetos destacam desde o primeiro registro de venda, em 1912, até os prêmios e reconhecimentos recentes. São 800 hectares, 240 só de plantação, de aproximadamente 1 milhão de pés de cafés. A pausa para o almoço, tipicamente mineiro, feito em fogão a lenha, também serviu para reflexão. “É interessante aprender sobre um produto que faz parte do nosso dia a dia.” Passeio de trem, piquenique no cafezal e visita ao casarão fazem parte da Rota do Café Especial, em Carmo de Minas e São Lourenço. “Meu sonho é que as pessoas valorizem a nossa gastronomia como muitos brasileiros valorizam a comida japonesa e italiana, por exemplo. Temos o mundo inteiro dentro do Brasil. Mas acho que estamos começando a olhar um pouco mais para o nosso país”, desabafou Fiorentino, que também teve um momento de relax no spa.

Em Carmo de Minas é possível fazer um tour por uma das produtoras de café que faz a comercialização e a exportação dos grãos. Degustadores chegam a provar mais de 100 tipos de cafés por dia. É de lá que saem toneladas do produto para países como Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Noruega, Finlândia, Japão e Austrália. “Não imaginava tanto reconhecimento no exterior”, analisou Carol, curiosa e atenta a todas as informações. No pátio de secagem da fazenda, aconteceu o momento mais esperado da viagem: o voo de balão, que chegou a 1 800 metros de altura. “Estou ansiosa! Como pode um ar quente fazer a gente voar?”, perguntou a apresentadora antes de chegar. O passeio durou 1 hora, com passagem pelas nuvens e vista privilegiada do nascer do sol. “Me surpreendeu muito! Foi um passeio tranquilo e a equipe estava toda envolvida, uma energia espetacular. Sem contar o cenário de tirar o fôlego”, afirmou.

Para finalizar, o trem lembrou a história do café. A rota, que antes era realizada apenas para compradores, agora também é aberta ao público e recebe aproximadamente 2 500 pessoas por ano. A época de seca e colheita, de maio a agosto, é a mais recomendada para fazer o passeio. No final de setembro acontece a florada, quando as flores dominam os pés do café. No ápice da carreira, Carol esbanja sorrisos ao falar sobre seus atuais projetos. “Vamos gravar a 4ª temporada de Bake Off e todas as viagens que estou fazendo, inclusive essa, me fazem aprender muito. Não sou mais jurada, mas fico palpitando. As experiências me fa - zem ter mais respaldo”, contou.

Ela também é autora do livro Deu Bolo. “De uma forma muito simples tento ensinar para as pessoas uma confeitaria fácil e bacana. Recomendo para iniciantes e experientes”, disse.“Meu canal na web é a minha menina dos olhos. Foi pensando na consciência na alimentação que criei esse link de vídeos. É uma comida caseira, super acessível, que as pessoas conseguem replicar em casa. Chegamos em 300 000 inscritos!”, comemorou Carol, que antes de estudar Gastronomia ficou em dúvida entre Cinema e Filosofia. “Acho que é por isso que filosofo muito sobre alimentação, é um tema que conta a história de várias culturas”, concluiu.

 

 

Tags relacionadas: tv

Notícia publicada Ter, 22 mai 2018 as 14:05, por Camila Suares.